FGTS emergencial: Caixa paga nascidos em outubro nesta terça-feira

Calendário de pagamentos do FGTS emergencial segue mês de aniversário dos trabalhadores e contempla contas ativas e inativas.


Nesta terça-feira (8), a Caixa Econômica Federal libera o crédito dos novos saques do FGTS para os trabalhadores nascidos em outubro. O calendário de pagamentos do banco segue o mês de aniversário dos trabalhadores.

Os pagamentos serão feitos em poupança social digital da Caixa e, em um primeiro momento, os recursos estarão disponíveis apenas para pagamentos e compras por meio de cartão de débito virtual.

O saque em espécie ou transferências, também dos aniversariantes de outubro, estarão liberados a partir de 31 de outubro.

A permissão para esses novos saques do FGTS aconteceu em razão da pandemia do novo coronavírus, que afetou as atividades econômicas e a renda dos trabalhadores.



A MP, no entanto, perdeu a validade no início de agosto, depois que o Congresso deixou de votar a medida no tempo previsto. A Caixa informou, no entanto, que vai manter o calendário de pagamentos. Segundo o Ministério da Economia, um decreto deve ser editado disciplinando a produção dos efeitos.


Saques FGTS

Terão direito aos saques os trabalhadores que tenham contas ativas (do emprego atual) ou inativas (de empregos anteriores) do FGTS. Cada trabalhador poderá sacar até R$ 1.045.

Se o trabalhador tiver mais de uma conta de FGTS, o saque será feito primeiro das contas de contratos de trabalho extintos (inativas), iniciando pela conta que tiver o menor saldo.

Depois, o dinheiro será sacado das demais contas, também iniciando pela que tiver o menor saldo. Independentemente do número de contas do trabalhador, o valor não pode passar de R$ 1.045. Assim, ninguém poderá tirar mais do que esse valor, ainda que tenha duas ou três contas com saldos superiores a essa quantia.

A previsão é que a operação movimentará durante todo o calendário mais de R$ 37,8 bilhões para aproximadamente 60 milhões de trabalhadores.



FONTE: CONTABEIS

2 visualizações0 comentário