top of page
  • Foto do escritorJose Junior

Registrato: sistema do BC mudará forma de acesso a partir de fevereiro de 2023


O Banco Central (BC) anunciou nesta quarta-feira (14) que o Registrato, sistema da autarquia que permite a consulta de dados financeiros dos brasileiros, mudará sua forma de acesso no próximo ano.

A partir de 1º de fevereiro de 2023, o sistema passará a ser acessado somente pela conta gov.br do cidadão, o mesmo que já é utilizado em vários outros sistemas do BC e serviços eletrônicos do governo.

Atualmente, o site do Registrato pode ser acessado de duas formas, a primeira utilizando a conta do gov.br e a segunda opção é com login do próprio do Registrato, que requer um cadastro no site oficial.

Essa segunda opção será descontinuada para unificar, agilizar e simplificar o acesso da população a todos os serviços do governo, que serão acessados pelo gov.br, trazendo mais comodidade para o público.

A mudança ocorrerá somente em fevereiro para permitir que os usuários do Registrato que ainda não tenham contas no gov.br possam fazer o cadastro com tempo suficiente.

Até a desativação do login próprio do Registrato e a implementação da substituição da forma de acesso, o BC informará a população sobre as novidades em seus canais de comunicação.

Vale lembrar que a criação de login e senha no site do governo é gratuita e poderá ser realizada sem burocracias totalmente online.

O Registrato é um sistema do BC que permite, entre outras coisas, que o cidadão consulte informações de empréstimos em seu nome e confira sobre suas chaves Pix.


Conta do gov.br tem a preferência da população

O BC analisou que, entre fevereiro e junho deste ano, os usuários acessaram os sistemas do banco utilizando a conta gov.br na maior parte dos acessos, mesmo quando existiam outras opções disponíveis de login.

O acesso com login pelo gov.br foi utilizado em 97% dos acessos ao Fale Conosco, em 94% para Protocolo Digital e 82% no Registro Declaratório Eletrônico – Investimento Estrangeiro Direto.

"Desde o início do ano, a maioria dos usuários já utiliza seu login na conta gov.br para acessar os sistemas do BC. Até fevereiro do ano que vem, aqueles que ainda não possuem conta gov.br poderão continuar acessando pelo login próprio do Registrato, mas vamos estimular as pessoas físicas e jurídicas a criarem o quanto antes sua conta gov.br", afirma o chefe do Departamento de Atendimento ao Cidadão (Deati) do BC, Carlos Eduardo Gomes.

1 visualização0 comentário

Comments


bottom of page